SEBRAE RJ

Eventos e Negócios Internacionais

Imagem de título do setor Eventos e Negócios Internacionais
9 de março de 2018

Kuwait quer fechar três novos acordos com o Brasil

Embaixador do Kuwait em Brasília informou que os dois países têm nove acordos vigentes, e que pretendem fechar três novos, entre eles um acordo de isenção de visto.

Kuwait quer fechar três novos acordos com o Brasil

O embaixador do Kuwait no Brasil, Ayadah Alsaidi, informou que o país quer fechar três novos acordos com o Brasil. “Estamos nos esforçando para finalizar estes novos acordos que estão atualmente em processo de consulta”, disse, se referindo ao Acordo de Intercâmbio de Informações Fiscais (TIEA, na sigla em inglês), ao Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI), e ao acordo de isenção de visto para titulares de passaportes diplomáticos e privados (especiais). Neste acordo, portadores de passaportes comuns ainda precisariam de visto, mas segundo a embaixada, seria um primeiro passo para mais adiante isentar todos os brasileiros.

Segundo a autoridade kuaitiana, atualmente existem nove acordos entre o Kuwait e o Brasil em diferentes áreas, entre cooperações econômicas, educacionais e esportivas; cooperações técnicas e artístico-culturais; de transporte aéreo e meio ambiente.

Papel de mediador

O embaixador contou que “o Kuwait adota uma política de diplomacia pacífica com vários países do mundo, e de não interferência nos assuntos internos dos mesmos, e busca mediar os desentendimentos entre os países da região por meios pacíficos e com diálogo”.

Em janeiro, o país assumiu a posição de membro não permanente do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). “O Kuwait se esforçará para continuar nesta posição, aproximando os pontos de vista e resolvendo os desentendimentos de forma pacífica”, completou Alsaidi.

O embaixador informou ainda que o país tem “um papel importante no apoio a governos e povos necessitados em áreas de desenvolvimento, através do Fundo Kuwait para o Desenvolvimento Econômico Árabe”, e mencionou que diversas conferências humanitárias foram organizadas pelo país, sendo três delas para ajudar a Síria.

A mais recente foi a Conferência Internacional para a Reconstrução do Iraque, em fevereiro, que teve cobertura especial da ANBA e arrecadou US$ 30 bilhões em investimentos, sendo US$ 2 bilhões do Kuwait.

Fonte:
Agência de Notícias Brasil-Árabe
Autor:
Bruna Garcia
Publicado em:
9 de março de 2018

Você também vai gostar de ler